1. Guia
  2. PR
  3. GUARAPUAVA
  4. Detalhes da cidade
Guia da cidade - GUARAPUAVA


Detalhes da cidade: GUARAPUAVA-PR


  • Cidade: GUARAPUAVA - Estado: PR
  • DDD: 42
  • Região: Guarapuava
  • População: 179.256 habitantes (Homens: 46% / Mulheres: 48%)
  • Homens: 82.713
  • Mulheres: 86.488
  • Total de domicílios: 51.111
  • Distância da capital (em km): 220
  • Área (km²): 31.153
  • Densidade demográfica: 543
  • Frota de veículos: 79.396
  • Indústrias: 1.725
  • Serviços: 5.865
  • Agronegócios: 260
  • Comércio: 5.308
  • Número de empresas: 13.158
  • Serviços de saúde: 246
  • Agências bancárias: 17
  • Educação: 186
  • Administração pública: 24
  • Atividades financeiras: 85
  • Correios e telecomunicações: 49
  • Transportes: 906
  • Alojamento: 75
  • Alimentação: 883
  • Comércio e reparo de veículos: 1.020
  • Serviços em geral: 2.374
  • Indústria extrativa: 9
  • Construção: 407
  • Reciclagem: 30
  • Eletricidade, gás e água: 19
  • Indústrias em geral: 1.260
  • Comércio atacadista: 792
  • Comércio varejista: 4.516


  • Guarapuava

    Paraná - PR

    Histórico

    O governo de São Paulo, em 1809, nomeou o capitão Pinto Azevedo Portugal, chefe da bandeira povoadora para os Campos de Guarapuava, e que chegou ao ponto onde estava situada a Fazenda Trindade, acompanhado de trezentas pessoas, devidamente armadas.

    Concluídas lentamente as primeiras construções, em 1812, iniciou-se o aldeamento dos índios, que começou com a captura do índio Pahy. Esta foi convencendo os demais silvícolas das vantagens de serem, aldeados.

    Em 1818 foi criada a Freguesia de Guarapuava com o nome de Nossa Senhora do Belém, com sede no lugar de Atalaya de Guarapuava.

    A sede da povoação foi transferida para a planície entre os Rios Coutinho e Jordão, légua e meia, ao sul de Atalaia, ficando na antiga sede o aldeamento dos índios, sob a direção do índio Luiz Tigre Gacon, com a assistência do padre catequizador, Francisco das Chagas Lima.

    Em 1849 foi criada a Vila com sede na antiga povoação de Nossa Senhora de Belém da Atalaia e com a denominação de Guarapuava, sendo extinta, no entanto, em 1850, mas restaurada em 1852.

    Em 2 de maio de 1859, pela Lei nº 54, da mesma data, foi criada a Comarca de Guarapuava.

    A Vila de Guarapuava recebeu foros de cidade em 1871.

    O topônimo é de origem indígena da língua guarani, que decomposto, significa :GUARÁ (lôbo, cão selvagem) + APUAVA (bravio, arisco). GUARAPUAVA ( lôbo bravio).

    Gentílico: guarapuavano

    Formação Administrativa

    Freguesia criada com a denominação de Nossa Senhora de Belém, por decreto de 19-08-1818, no município de Castro.

    Elevado à categoria de vila com a denominação de Guarapuava, pela lei provincial de São Paulo n.º 14, de 21-03-1849, desmembrado de Castro. Sede na povoação de Nossa Senhora de Belém da Aldeia da Atalaia.

    Pela lei provincial n.º 21, de 22-06-1850, a vila foi extinta.

    Restaurada pela lei n.º 12, de 17-07-1852. Reinstalada em 09-07-1853.

    Elevado à condição de cidade, por lei provincial n.º 271, de 12-04-1871.

    Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede.

    Em divisão territorial datada de 31-XII-1936, o município é constituído de 13 distritos: Guarapuava, Campo Mourão, Candói, Catanduvas, Faxinal do Elias, Guarapuavinha, Erval, Juquiá, Laranjeiras, Palmeirinha, Pinhão, Pitanga e Marrecas.

    Em divisão territorial datada de 31-XII-1937, o município é constituído de 14 distritos os mesmos da divisão de 1937, acrescido o distrito de Pedro Lustoza.

    Pelo decreto-lei estadual n.º 667, de 31-03-1938, o distrito de Catanduvas passou a denominar-se Rocinha.

    Pelo decreto-lei estadual n.º 7573, de 20-10-1938, transfere o distrito de Erval do município de Guarapuava para o município de Prudentópolis. Sob o mesmo decreto o distrito de Rocinha voltou a denominar-se Catanduvas e o distrito de Faxinal dos Elias a denominar-se Bananas.

    No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 12 distritos: Guarapuava, Bananas (ex-Faxinal dos Elias), Campo Mourão, Candói, Catanduvas, Guarapuavinha, Juquiá, Laranjeiras, Palmeirinha, Pedro Lustoza, Pinhão e Pitanga.

    Pelo decreto-lei estadual n.º 199, de 30-12-1943, o distrito de Juquiá passou a denominar-se Goioxim. Sob o mesmo decreto é desmembrado do município de Guarapuava os distritos de Pitanga, Campo Mourão. Para formar o novo município de Pitanga.

    Pelo decreto-lei federal n.º 6550, de 31-05-1944, transfere o distrito de Catanduvas do município de Guarapuava para o de Iguaçu. Sob o mesmo decreto o distrito de Laranjeiras passou a denominar-se Iguaçu.

    Pela lei federal n.º 5839, de 21-09-1943, o distrito de Bananas foi extinto.

    No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 7 distritos: Guarapuava, Candói, Goioxim (ex-Juquiá), Guarapuavinha, Palmeirinha, Pinhão e Pedro Lustoza.

    Por lei estadual n.º 2, de 10-10-1947, é criado o distrito de Guairacá e anexado ao município de Guarapuava.

    Pela lei estadual n.º 790, de 13-11-1951, é criado os distritos de Cantagalo e Marquinho com terras do distrito de Goioxim e anexado ao município de Guarapuava. Sob

    o mesmo decreto, é criado o município de Guará e anexado ao município de Guarapuava.

    Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 11 distritos: Guarapuava, Candói, Cantagalo, Goioxim, Guairacá, Guará, Guarapuavinha, Marquinho, Palmeirinha, Pedro Lustoza e Pinhão.

    Pela lei estadual n.º 4245, de 25-07-1960, desmembra do município de Guarapuava

    o distrito de Inácio Martins (ex-Guarapuavinha). Elevado à categoria de município. Pela lei estadual n.º 4583, de 27-06-1962, é criado o distrito de Entre Rios e anexado ao município de Guarapuava.

    Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 11 distritos: Guarapuava, Candói, Cantagalo, Entre Rios, Goioxim, Guairacá, Guará, Marquinho, Palmeirinha, Pedro Lustoza e Pinhão.

    Pela lei estadual n.º 4823, de 18-02-1964, desmembra do município de Guarapuava os distritos de Pinhão e Pedro Lustoza. Para formar o novo município de Pinhão. Pela lei estadual n.º 4838, de 26-02-1964, é criado o distrito de Campina do Simão e anexado ao município de Guarapuava. Pela lei estadual n.º 4930, de 23-09-1964, é criado o distrito de Jacutinga e anexado ao município de Guarapuava. Pela lei estadual n.º 5549, de 26-05-1967, é criado o distrito de Paz e anexado ao município de Guarapuava.

    Pela lei estadual n.º 5603, de 27-07-1967, é criado dos distritos de Boqueirão, Carro Quebrado, Jordão e Morro Alto e anexado ao município de Guarapuava.

    Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído de 16 distritos: Guarapuava, Boqueirão, Campina Simão, Candói, Cantagalo, Carro Quebrado, Entre Rios, Goioxim, Guairacá, Guará, Jacutinga, Jordão, Marquinho, Morro Alto, Palmeirinha e Paz.

    Pela lei estadual n.º 7575, de 12-05-1982, desmembra do município de Guarapuava os distritos de Cantagalo (ex-Canta Galo), Goioxim, Jacutinga e Marquinho. Para formar o novo município de Cantagalo.

    Em divisão territorial datada de 18-VIII-1988, o município é constituído de 8 distritos: Guarapuava, Campina do Simão, Candói, Entre Rios, Guairacá, Guará, Palmeirinha e Paz.

    Pela lei estadual n.º 9353, de 27-08-1990, desmembra do município de Guarapuava os distritos de Candói e Paz. Para formar o novo município de Candói.

    Em divisão territorial datada de 1-VI-1995, o município é constituído de 6 distritos: Guarapuava, Campina do Simão, Entre Rios, Guairaçá, Guará e Palmeirinha.

    Pela lei estadual n.º 11180, de 16-11-1995, desmembra do município de Guarapuava

    o distrito de Campina do Simão. Elevado à categoria de município. Pela lei............n.º........., de............, é criado o distrito de Atalaia e anexado ao município de Guarapuava. Em divisão territorial datada de 15-VII-1997, o município é constituído de 6

    distritos: Guarapuava, Atalaia, Entre Rios, Guairacá, Guará e Palmeirinha. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 14-V-2001.

    Fonte: IBGE