1. Guia
  2. MS
  3. TRES LAGOAS
  4. Detalhes da cidade
Guia da cidade - TRES LAGOAS


Detalhes da cidade: TRES LAGOAS-MS


  • Cidade: TRES LAGOAS - Estado: MS
  • DDD: 67
  • Região: Três Lagoas
  • População: 115.561 habitantes (Homens: 45% / Mulheres: 46%)
  • Homens: 52.270
  • Mulheres: 53.041
  • Total de domicílios: 33.050
  • Distância da capital (em km): 311
  • Área (km²): 102.064
  • Densidade demográfica: 103
  • Frota de veículos: 58.249
  • Indústrias: 1.042
  • Serviços: 3.204
  • Agronegócios: 183
  • Comércio: 2.706
  • Número de empresas: 7.135
  • Serviços de saúde: 137
  • Agências bancárias: 7
  • Educação: 99
  • Administração pública: 35
  • Atividades financeiras: 50
  • Correios e telecomunicações: 12
  • Transportes: 291
  • Alojamento: 84
  • Alimentação: 502
  • Comércio e reparo de veículos: 478
  • Serviços em geral: 1.509
  • Indústria extrativa: 13
  • Construção: 317
  • Reciclagem: 14
  • Eletricidade, gás e água: 17
  • Indústrias em geral: 681
  • Comércio atacadista: 246
  • Comércio varejista: 2.460


  • TRÊS LAGOAS MATO GROSSO Monografia - nº 311 Ano: 1965

    ASPECTOS HlSTÓRICOS

    Primitivamente habitadas pelos caiapós, as terras onde se localiza Três Lagoas foram devassadas, ao que se presume, por aventureiros paulistas, predadores de índios, que cruzaram os rios Paraná e Pardo por volta de 1632. A implantação de núcleos organizados teve lugar muito mais tarde, por colonos vindos de São Paulo e Minas Gerais. Os primeiros povoadores foram Joaqulm Francisco Lopes (irmão de Guia Lopes), que se instalou com a família em 1829, Antônio Gonçalves Barbosa, que estabeleceu fazendas em 1830, e José Garcia Leal, com sua grei. o que emprestou maior contribuição ao desenvolvimento.

    A cidade foi fundada por Antônio Trajano dos Santos, no alvorecer do século

    XX. Com a doação feita, a Santo Antônio, do patrimônio de vinte alqueires, o arraial estabilizou-se em torno da capelinha. O desenvolvimento foi estimulado graças à chegada dos trilhos da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil.

    A topografia local deu nome ao Município, pois ali se localizam três lagoas, situadas no perímetro suburbano da cidade.

    Formação Administrativo

    O distrito de Três Lagoas foi criado pela Lei estadual nº 656, de 12 de junho de 1914.

    A Lei estadual nº 706, de 15 de junho de 1915, criou o Município, com território desmembrado do de Santana do Paranaíba, instalado a 8 de agôsto seguinte, completando agora o seu meio século de existência.

    A cidade surgiu a 19 de outubro de 1920, com a elevação da então vila de Três Lagoas (Resolução estadual nº 820) a esta categoria.

    Até 1936 só havia um distrito quando passou a ter 8 distritos: Três Lagoas (sede), Água Clara, Alto Sucuriú Xavantina, Vila dos Garcias, Xavantes, Véstia e Sucuriú.

    A partir de 1943, decreto-lei n.° 545, de 31 de dezembro, Três Lagoas começa a perder território para formar novos Municípios, com o desmembramento de terras dos distritos de Água Clara e Xavantina para compor o Município de Ribas do Rio Pardo. Em 1948, o seu distrito de Alto Sucuriú perde território para o Município de Camapuã. A 1.° de dezembro de 1953 perde os distritos de Água Clara e Alto Sucuriú para formarem o Município do primeiro nome. Em 1961 em face da Lei estadual n.° 1 501, de 12 de julho, foi criado o distrito de Brasilândia, em seu território. A divisão territorial do Estado, vigorante no qüinqüênio 1964/68, compõe Três Lagoas com os distritos da sede, Guadalupe do Alto Paraná (ex-Véstia) , Arapuá, Ilha Comprida e Garcias. Os distritos de Xavantina e Brasilândia foram desmembrados para formarem o Município com a denominação deste último topônimo.

    Pela Lei Estadual nº 725 de 20-06-1987, o distrito de Vicentina foi desmembrado do município de Três lagoas e elevado à categoria de município.

    Em 2007, Três Lagoas compõe de quatro distritos: Arapuá, Garcias, Guadalupe do Alto Paraná e o Distrito Sede.

    Fonte: IBGE