1. Guia
  2. MG
  3. SANTA LUZIA
  4. Detalhes da cidade
Guia da cidade - SANTA LUZIA


Detalhes da cidade: SANTA LUZIA-MG


  • Cidade: SANTA LUZIA - Estado: MG
  • DDD: 31
  • Região: Belo Horizonte
  • População: 217.610 habitantes (Homens: 46% / Mulheres: 49%)
  • Homens: 99.834
  • Mulheres: 105.887
  • Total de domicílios: 59.127
  • Distância da capital (em km): 12
  • Área (km²): 2.338
  • Densidade demográfica: 8.801
  • Frota de veículos: 64.771
  • Indústrias: 1.572
  • Serviços: 3.743
  • Agronegócios: 14
  • Comércio: 3.276
  • Número de empresas: 8.605
  • Serviços de saúde: 109
  • Agências bancárias: 9
  • Educação: 227
  • Administração pública: 10
  • Atividades financeiras: 43
  • Correios e telecomunicações: 49
  • Transportes: 281
  • Alojamento: 21
  • Alimentação: 574
  • Comércio e reparo de veículos: 378
  • Serviços em geral: 2.042
  • Indústria extrativa: 32
  • Construção: 576
  • Reciclagem: 17
  • Eletricidade, gás e água: 4
  • Indústrias em geral: 943
  • Comércio atacadista: 303
  • Comércio varejista: 2.973


  • HISTÓRICO DO MUNICIPIO

    O Município de Santa Luzia é um dos mais antigos de Minas Gerais: são mais de três séculos de história. Em 18 de março de 1692, durante o ciclo do ouro, remanescentes da bandeira de Borba fundaram o primeiro núcleo da vila que deu origem a cidade de Santa Luzia. Em 1842, Santa Luzia foi palco da batalha final da Revolução Liberal, entre as tropas de Duque de Caxias (Governista) e de Teófilo Otoni (liberalista), que defendia a descentralizção do poder e a autonomia das províncias. Assim formou Santa Luzia, com a riqueza proporcionada pelo ouro e mais de três séculos de históriae cultura. A Rua Direita, o estilo barroco esta presente nos casarios do Centro Histórico da Cidade. O Santuário da Igreja Matriz de Santa Luzia, concluído em 1778, abrigam em seu interior pinturas do Mestre Ataíde e pequenas obras de Aleijadinho e o Museu de Artes Sacras, inaugurado recentemente. A Igreja do Rosário erguida em 1755 pelos negros, tem o seu interior simples, com altares dedicados, à Nossa Senhora do Rosário, Sagrado Coração de Jesus e Nossa Senhora das Dores, hoje totalmente restaurada. O antigo solar de Juli foi o quartel general de Teófilo Otoni e cenário de combate contra Duque de Caxias, no ano de 1842, hoje Casa da Cultura, abrigando peças de inestimável valor histórico. O solar da Baronesa é a maior residência em estilo barroco da nossa cidade, ele foi construído pelo primeiro marido da Baronesa Maria Alexandrina de Almeida em 1845, no solar foram feitas inúmeras festa, entre elas, a visita do Imperador D. Pedro II, em 1881, que era padrinho de batismo da Baronesa.O Muro de Pedras foi o derradeiro campo de batalha entre as tropas de Teófilo Otoni e Duque de Caxias na Revolução Liberal de 1842. Há 12 km do Centro Histórico encontara-se o Mosteiro de Macaúbas, construído em meados de 1708 foi, o primeiro Colégio feminino de Minas Gerais, onde estudaram as filhas de Chica da Silva. A caminho da Rua Direita, encontra-se a Capela do Bonfim, em estilo barroco, construída em 1711, em seu interior abriga a imagem de Nosso Senhor do Bonfim, esculpida por um escravo, em troca da sua alforria.

    Fonte: PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA LUZIA -DIRETORIA DE TURISMO