1. Guia
  2. GO
  3. PORANGATU
  4. Detalhes da cidade
Guia da cidade - PORANGATU


Detalhes da cidade: PORANGATU-GO


  • Cidade: PORANGATU - Estado: GO
  • DDD: 64
  • Região: Porangatu
  • População: 45.055 habitantes (Homens: 48% / Mulheres: 47%)
  • Homens: 21.499
  • Mulheres: 21.281
  • Total de domicílios: 13.586
  • Distância da capital (em km): 358
  • Área (km²): 48.205
  • Densidade demográfica: 89
  • Frota de veículos: 23.782
  • Indústrias: 388
  • Serviços: 994
  • Agronegócios: 47
  • Comércio: 1.363
  • Número de empresas: 2.792
  • Serviços de saúde: 57
  • Agências bancárias: 5
  • Educação: 46
  • Administração pública: 7
  • Atividades financeiras: 10
  • Correios e telecomunicações: 4
  • Transportes: 92
  • Alojamento: 26
  • Alimentação: 105
  • Comércio e reparo de veículos: 199
  • Serviços em geral: 443
  • Indústria extrativa: 7
  • Construção: 59
  • Reciclagem: 2
  • Eletricidade, gás e água: 4
  • Indústrias em geral: 316
  • Comércio atacadista: 139
  • Comércio varejista: 1.224


  • Porangatu

    Goiás - GO

    Histórico

    O povoamento da região originou-se da descoberta de ouro, pelo bandeirante João Leite, no século XVIII, denominando-se "Descoberto" o núcleo urbano primitivo.

    Segundo a história, já existia na fazenda Pindobeira uma "Colônia de índios", formada pelos Padres da Companhia de Jesus, onde surgiu, posteriormente, a primeira povoação.

    Os primeiros habitantes da região foram os silvícolas, destacando-se a tribo dos "Canoeiros", cujos ataques frequentes impediam o desenvolvimento do povoado.

    Em 31 de dezembro de 1943, pelo Decreto-Lei nº 8305, passou a denominar-se "PORANGATU", do tupi: ?Poran" = bela; "gatu" = paisagem : paisagem bela.

    A sua autonomia político-administrativa deu-se em 25 de agosto de 1948, pela Lei nº 122, instalando-se oficialmente no ano seguinte. Depois de longa fase estacionária, o advento da rodovia BR 153 (Belém-Brasília) , em 1958, trouxe forte impacto de progresso, ao município tornando-o um dos mais fluentes centros urbanos do Médio Norte Goiano.

    Gentílico: porangatuense

    Formação Administrativa

    Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito com a denominação de Descoberto figura no município de Pilar.

    Pelo decreto estadual nº 1204, de 04-07-1931, desmembra do município de Pilar os distritos de Santana, Amaro Leite e Descoberto, para formar o novo município de Santana.

    Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito figura no município de Santana.

    Assim permanecendo no quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943.

    Pelo decreto-lei estadual nº 8305, de 31-12-1943, o distrito de Descoberto passou a denominar-se Porangatu e o município de Santana a denominar-se Uruaçu.

    No quadro anexo para vigorar no período de 1944-1948, o distrito com a denominação de Porangatu figura no município de Uruaçu ex-Santana.

    Elevado à categoria de município com a denominação de Porangatu, pela lei estadual nº 122, de 25-08-1948, desmembrado de Uruaçu. Sede no atual distrito de Porangatu ex-Descoberto. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1954.

    Pela lei municipal nº 34, de 31-12-1953 é criado o distrito de Mutunópolis ex­povoado e anexado ao município de Porangatu.

    Em divisão territorial vigente em 1-VII-1955, o município é constituído de 2 distritos: Porangatu e Mutunópolis.

    Pela lei municipal nº 51, de 20-02-1958, é criado o distrito de Estrela do Norte e anexado ao município de Porangatu.

    Pela lei municipal nº 52, de 20-02-1958, é criado o distrito de Santa Teresa ex­povoado e anexado ao município de Porangatu.

    Pela lei estadual nº 2127, de 14-11-1958, desmembra do município de Porangatu o distrito de Estrela do Norte. Elevado à categoria de município.

    Pela lei estadual nº 2105, de 14-11-1958, desmembra do município de Porangatu o distrito de Mutunópolis. Elevado à categoria de município.

    Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Porangatu e Santa Teresa.

    Pela lei estadual nº 4896, de 13-11-1963, desmembra do município de Porangatu o distrito de Santa Teresa de Goiás ex-Santa Teresa. Elevado à categoria de município.

    Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.

    Pela lei estadual nº 10430, de 08-01-1988, é criado o distrito de Bonópolis e anexado ao município de Porangatu.

    Pela lei estadual nº 10438, de 09-01-1988, é criado o distrito de Cruzeiro do Norte e anexado ao município de Porangatu.

    Em divisão territorial datada de 1988, o município é constituído de 3 distritos: Porangatu, Bonópolis e Cruzeiro do Norte.

    Pela lei estadual nº 12800, de 27-12-1995, desmembra do município de Porangatu os distrito de Bonópolis e Cruzeiro do Norte, para formar o novo município de Bonópolis.

    Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído do distrito sede.

    Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

    Alteração toponímica distrital

    Descoberto para Porangatu alterado, pela lei estadual nº 8305, de 31-12-1943.

    Fonte: IBGE

    Data de atualização: 28/04/2011