1. Guia
  2. SP
  3. PRESIDENTE PRUDENTE
  4. Detalhes da cidade
Guia da cidade - PRESIDENTE PRUDENTE


Detalhes da cidade: PRESIDENTE PRUDENTE-SP


  • Cidade: PRESIDENTE PRUDENTE - Estado: SP
  • DDD: 18
  • Região: Presidente Prudente
  • População: 223.749 habitantes (Homens: 45% / Mulheres: 49%)
  • Homens: 101.260
  • Mulheres: 109.188
  • Total de domicílios: 68.720
  • Distância da capital (em km): 513
  • Área (km²): 5.621
  • Densidade demográfica: 3.744
  • Frota de veículos: 133.369
  • Indústrias: 1.922
  • Serviços: 8.255
  • Agronegócios: 1.296
  • Comércio: 8.803
  • Número de empresas: 20.276
  • Serviços de saúde: 369
  • Agências bancárias: 47
  • Educação: 293
  • Administração pública: 39
  • Atividades financeiras: 252
  • Correios e telecomunicações: 35
  • Transportes: 649
  • Alojamento: 49
  • Alimentação: 1.475
  • Comércio e reparo de veículos: 1.494
  • Serviços em geral: 3.553
  • Indústria extrativa: 7
  • Construção: 632
  • Reciclagem: 23
  • Eletricidade, gás e água: 28
  • Indústrias em geral: 1.232
  • Comércio atacadista: 1.265
  • Comércio varejista: 7.538


  • PRESIDENTE PRUDENTE SÃO PAULO

    ASPECTOS HISTÓRICOS

    A MAIS antiga notícia das terras hoje pertencentes ao Município de Presidente Prudente consta da escritura pela qual seu domínio é transferido por José Antônio Gouvêa à família Alves Lima, por volta de 1850. Desta última passa à propriedade de Manuel Pereira Goulart, que explora a região entre 1884 e 1890 e contrata com o Governo Provisório a colonização de 50 alqueires daquelas terras.

    Em 1917, Francisco de Paula Goulart, filho de Manuel e residente em Assis, dirige-se, pela Estrada de Ferro Sorocabana até Indiana, então ponto terminal da ferrovia, e dali até Veado, a fim de dar prosseguimento à obra colonizadora do pai. Acompanham-no Guilherme Tomaz de Andrade, João Leonel e vários agricultores de Campos Novos, Piraju e outros lugares e a 14 de setembro - data em que atualmente se comemora a fundação da cidade - procede à primeira derrubada da mata virgem (de que o Bosque Municipal ainda hoje constitui recordação).

    A João Carlos Fairbanks, engenheiro da Sorocabana que trabalhava no prolongamento das linhas, atribui Goulart a incumbência de levantar a planta da futura cidade e em 1918 acha-se o trabalho concluído, com o traçado de ruas e avenidas largas e retas e praças espaçosas.

    No mesmo ano, segundo alguns testemunhos atinge a ferrovia a localidade, na qual a "Casa Americana" é ainda o único estabelecimento comercial.

    A 19 de janeiro de 1919, inaugura-se oficialmente o transporte de passageiros e de carga. A via férrea divide o lugarejo em duas partes: a mais ampla, em nível mais baixo, passa a denominar-se Vila Goulart; a outra, Vila Marcondes, homenagem a José Soares Marcondes, um dos colonizadores.

    As terras virgens e férteis atraem mineiros e nortistas, assim como imigrantes portugueses, espanhóis, italianos e, principalmente japoneses e, em 1921, ao ser criado o Município, é escolhido o atual topônimo de Presidente Prudente, homenagem a Prudente de Morais.

    GENTÍLICO : PRUDENTINO

    FORMAÇÃO ADMlNISTRATIVA

    A Lei estadual n.º 1.798, de 28 de novembro de 1921, criou o Distrito e o Município, com território desmembrado de Campos Novos e Conceição de Monte Alegre, e ao mesmo tempo, elevou a sede à categoria de cidade. A instalação se verificou em 13 de março de 1923.

    Compõe-se atualmente o Município de 5 distritos: Presidente Prudente (sede), Eneida, Montalvão, Ameliópolis e Floresta do Sul.

    A Comarca, de 4.ª entrância, foi criada pela Lei n.º 1.887, de 8 de dezembro de 1922.

    Fonte: IBGE