1. Guia
  2. MG
  3. MURIAE
  4. Detalhes da cidade
Guia da cidade - MURIAE


Detalhes da cidade: MURIAE-MG


  • Cidade: MURIAE - Estado: MG
  • DDD: 32
  • Região: Muriaé
  • População: 107.916 habitantes (Homens: 46% / Mulheres: 49%)
  • Homens: 49.402
  • Mulheres: 52.697
  • Total de domicílios: 33.245
  • Distância da capital (em km): 221
  • Área (km²): 8.433
  • Densidade demográfica: 1.211
  • Frota de veículos: 40.297
  • Indústrias: 1.611
  • Serviços: 3.186
  • Agronegócios: 60
  • Comércio: 3.490
  • Número de empresas: 8.347
  • Serviços de saúde: 184
  • Agências bancárias: 6
  • Educação: 155
  • Administração pública: 24
  • Atividades financeiras: 65
  • Correios e telecomunicações: 13
  • Transportes: 276
  • Alojamento: 25
  • Alimentação: 491
  • Comércio e reparo de veículos: 562
  • Serviços em geral: 1.385
  • Indústria extrativa: 25
  • Construção: 213
  • Reciclagem: 3
  • Eletricidade, gás e água: 8
  • Indústrias em geral: 1.362
  • Comércio atacadista: 492
  • Comércio varejista: 2.998


  • MURIAÉ MINAS GERAIS Monografia n.º 34 Ano: 1955

    ASPECTOS HISTÓRICOS

    A REGIÃO que hoje compreende o Município de Muriaé foi, primitivamente, habitada pelos índios Puris. A própria colonização do território fez-se pelo comércio de brancos e indígenes. Em 1817, Constantino José Pinto, com 40 homens, comerciando ervas e raízes medicinais estabeleceu contato com os aborígines; desceu pelo rio Pomba e atingiu o Muriaé onde aportou, construindo seu abarracamento no mesmo lugar em que existe agora o Largo do Rosário. As trocas vantajosas então feitas fizeram-no pensar em construir uma povoação no local. Havendo, porém, desinteligência entre um de seus homens e um dos chefes da tribo, Constantino, temendo um ataque dos selvagens, obteve reforço, comandado pelo Sargento João do Monte, sob cuja proteção construiu as primeiras habitações, formando uma aglomeração primitiva. Sete anos depois, foi autorizada a edificação de uma capela, tendo sido seu primeiro capelão o Padre Joaquim Teixeira de Siqueira. Em 12 de março de 1845, a povoação tornou-se sede da freguesia da Glória, prerrogativa perdida e restabelecida anos depois.

    Consolidada sua situação, o progresso da nova localidade foi constante, principalmente a partir de 1886, data da inauguração da Estação da Estrada de Ferro Leopoldina na sede municipal. Em 1910, é criado o serviço de luz e força; no ano seguinte, o de águas e esgotos e, em 1913, o telefônico urbano.

    A inauguração da auto-estrada Rio-Bahia em 1939 colocou o Município de Muriaé em plano destacado no quadro econômico da zona a que pertence.

    Formação administrativo-judiciária O Distrito de Muriaé foi criado em 7 de abril de 1841. Sua elevação a categoria de vila deu-se em 16 de maio de 1855.

    O nome simplificado de Muriaé, anteriormente São Paulo do Muriaé começa a vigorar em 30 de agosto de l911, em virtude da Lei estadual n.° 556.

    De acordo com a divisão administrativa vigente a 31 de dezembro de 1954, Muriaé compõe-se de 7 distritos: Muriaé, Belisário, Boa Família, Bom Jesus da Cachoeira, Itamuri, Pirapanema e Rosário da Limeira.

    A Comarca de Muriaé data de 25 de novembro de 1865 e, atualmente, compõe-se dos seguintes termos: Muriaé, Laranjal e Patrocínio do Muriaé.

    Fonte: IBGE